Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 11 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

dmais@dgabc.com.br | 4435-8396

Super poder chamado YouTube

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Christian Figueiredo tem vida antes do sucesso on-line revirada em filme que estreia quinta


Luís Felipe Soares

08/01/2017 | 07:05


A vida de um dos youtubers mais populares do Brasil está pronta para chegar aos cinemas. Christian Figueiredo já provou que de louco não tem (quase) nada e não para de ampliar sua influência na nova geração. Entre altos e baixos, construiu carreira on-line, escreveu três livros revelando os bastidores de sua vida pessoal e profissional e chamou tanta a atenção que, agora, vê toda sua jornada tomar as telonas com Eu Fico Loko, que entra em cartaz na quinta-feira.

Aos 22 anos, o rapaz colocou seu canal (www.youtube.com/user/euficoloko) no ar em 2010. Hoje, cerca de 6.976 milhões de pessoas estão inscritas para acompanharem de perto os vídeos que produz, sejam eles comentando sobre assuntos variados, brincadeiras com situações estranhas ou encontros com outras personalidades da internet. Mas nem sempre ele foi tão ‘descolado’ e teve adolescência bem comum. É justamente essa fase que o diretor Bruno Garotti, em sua estreia à frente de um longa-metragem, leva para a sétima arte, principalmente por ter se interessado pelo material que viu na publicação Eu Fico Loko: As Desaventuras de Um Adolescente Nada Convencional (2015).

“Quando li o livro não conhecia o Christian. Estava desenvolvendo e procurando um filme jovem. Quando percebi que o material não cita YouTube, vi um diferencial”, explica. “Me lembro de ter lido Confissões de Adolescente (de 1992), que foi um marco há algumas gerações, e me inspirou quando era jovem. O livro do Christian também tem esse efeito nos dias de hoje, falando de dificuldades e incertezas.”

O roteiro acompanha o crescimento do protagonista e mostra, em paralelo, como as gravações caseiras influenciaram sua vida. No colégio, o protagonista conta com problemas típicos: timidez social, momentos com amigos próximos, dia a dia na escola e as primeiras paixões. “É uma espécie de Homem-Aranha, com a chance de mudar de vida com a chegada de um poder. No caso, o YouTube”, afirma o diretor.

“Foi uma experiência incrível. Desde os testes, aos quais achava que não fosse passar. Tive que emagrecer quatro quilos, fazer uma preparação corporal quando andava e deixei o cabelo crescer, além de usar uma técnica vocal. Nunca vou me esquecer desse projeto”, conta o ator Filipe Bragança sobre seu primeiro grande trabalho. “Fiquei ansioso e com certo receio de ser o Christian. Tinha medo da recepção dele e do público. Foi um processo de confiança.”

O youtuber faz pequenas participações em Eu Fico Loko, como narrador e fazendo comentários aleatórios em determinados momentos. Ele confessa que jamais imaginou que seus vídeos renderiam tanto. “Não entraria em um projeto onde não visse verdade. O Bruno me vendeu o amor pela história a ser contada e isso me conquistou.”

O projeto cinematográfico de Christian não é pequeno. Tanto que a distribuidora optou por jogá-lo no mercado no meio das férias de verão. Ele terá como competidores aspirantes a blockbusters como Moana – Um Mar de Aventuras, Assassin’s Creed e xXx – Reativado, mas parece ser louco o bastante para o desafio. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados