Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 15 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

dmais@dgabc.com.br | 4435-8396

Jovens são os mais afetados com o desemprego


Luís Felipe Soares

22/01/2017 | 07:38


A procura por emprego não está nada fácil para os jovens e a crise econômica pela qual passa o Brasil parece complicar ainda mais o cenário. Levantamento realizado pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), em dezembro, revelou que o desemprego atingiu a marca de 27,7% entre entrevistados com idade entre 14 e 24 anos, fazendo com que essa faixa de trabalhadores seja a mais afetada pela falta de serviço.

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o País terminou o ano de 2016 com o número recorde que ultrapassa 12 milhões de desempregados. O índice corresponde a uma taxa de desocupação de 11,9%. É preciso ficar atento ao fato de que o momento difícil também agita grande parte do restante do mundo. Dados obtidos pela Organização Internacional do Trabalho mostram que cerca de 73 milhões de jovens buscam oportunidades.

Um dos maiores obstáculos é que parte dos candidatos não consegue sequer uma experiência inicial e os contratantes demonstram preferência por quem já tem certa ‘bagagem’. Para os especialistas e professores que trabalham com o tema, talvez a melhor dica seja que o aprendizado precisa ser contínuo – para os cursantes do Ensino Médio, deve ser realizado como complemento das aulas normais. O foco também pode passar por cursos técnicos e atividades gratuitas em diferentes áreas.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados