Fechar
Publicidade

Cena Politica

Publicado em terça-feira, 7 de fevereiro de 2017 às 07:00 Histórico

Bancada do PT de Sto.André racha

Não demorou muito para que a postura da bancada do PT na Câmara de Santo André, de acordos pontuais com o governo do tucano Paulo Serra, gerasse atrito. Neste fim de semana, farpas foram trocadas para todos os lados e o bloco petista no Legislativo, formado por cinco vereadores, rachou. Mais alinhado ao ex-prefeito Carlos Grana (PT), o vereador Willians Bezerra (PT) externou sua insatisfação. Questionou duramente a composição de colegas de partido com a administração tucana para obter cargos na mesa diretora da Casa e também em comissões importantes da Câmara. Relatou até uma reunião mais descontraída que teria acontecido entre esses parlamentares e o prefeito, com direito a moda de viola. Também pediu comprometimento da bancada, porque a partir de hoje a Prefeitura envia pacote de projetos como a reforma administrativa. A crítica não foi bem recebida pelos vereadores. Muitos atacaram a postura de Willians. Dizem que ele joga para plateia um problema de ordem mais interna e que tem adotado a tática de se isolar. Tudo isso, ainda de acordo com parlamentares, para defender o legado de Grana. Willians tem costurado a candidatura do ex-prefeito para presidência do PT andreense, apesar de a rejeição a Grana ser grande internamente. Hoje, na sessão, mais capítulos desta briga devem ser escritos.

BASTIDORES

Relações
Tem chamado a atenção o número de reuniões diárias que o chefe da Unidade de Assuntos Estratégicos da Prefeitura de Santo André, Leandro Petrin, tem feito com Marcelo Silvério, conhecido como Marcelinho do Seguro. Fontes do Paço dizem que Marcelinho tem livre trâmite no gabinete de Petrin – inclusive furando filas –, além de ser visto com frequência em padarias da cidade ao lado de Petrin.

Em tempo
A Eicon Controles Inteligentes de Negócios, que recebia quase que em dia pelos serviços prestados à gestão de Carlos Grana (PT) em Santo André, continua sendo uma das raras companhias a ver depositados os valores de notas fiscais emitidas.

Articulações – 1
Deputado estadual João Paulo Rillo (PT) tem se movimentado pelo Grande ABC ultimamente. Embora tenha negado que vá ser candidato ao PT estadual, Rillo intensificou diálogos com nomes que querem ser presidentes de diretórios municipais na região. Ele conversou com Anderson Dalécio, assessor de Luiz Turco (PT) e que tenta ser mandatário do PT em São Bernardo. E também com Fabrício França, nome ventilado para disputar a eleição a presidente do PT de Santo André.

Articulações – 2
Pelas regras internas, o próximo presidente estadual do PT é escolhido por delegados, que por sua vez são eleitos nas disputas municipais. Ou seja, se Rillo conseguir emplacar bom número de delegados no Grande ABC, provavelmente será candidato ao diretório paulista do partido. E buscar apoios na região é estratégico ao deputado estadual: é justamente aqui a base do ex-prefeito de São Bernardo Luiz Marinho, já confirmado pela CNB (Construindo um Novo Brasil) como candidato da corrente para o comando da legenda no Estado.

Transparência
O Observatório Social de São Caetano e do Gama (Grupo de Amigos do Movimento Autonomista) entregam hoje aos vereadores da cidade a Carta Transparência, documento elaborado com sugestões para melhoria da divulgação de dados públicos.

Já Caiu
Durou pouco a permanência da ex-presidente da OAB Maria Marlene Machado como secretária de Assuntos Jurídicos da Câmara de Diadema. A queda foi pedido do G-12, grupo de oposição ao prefeito Lauro Michels (PV) na Casa. 



Veja Também

Tags


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário do Grande ABC