Fechar
Publicidade

Cena Politica

Publicado em terça-feira, 14 de fevereiro de 2017 às 07:00 Histórico

Efeito Doria

O “não político” João Doria (PSDB) venceu a eleição para prefeito da Capital ainda no primeiro turno, com 53,29% dos votos. Nos primeiros dias de gestão vestiu-se de gari e varreu ruas, comprou briga com pichadores e grafiteiros, cobrou secretários publicamente. O resultado desta combinação foi de números positivos no Datafolha divulgado no domingo pelo jornal Folha de S.Paulo – 44% de bom e ótimo e 13% de ruim e péssimo. É inegável que a gestão Doria está em discussão, seja para o bem ou para o mal. E os prefeitos do Grande ABC começam a pegar carona na popularidade do tucano e estão reproduzindo marcas da administração de Doria na Capital. Na sexta-feira, por exemplo, Orlando Morando (PSDB), de São Bernardo, trajou uniforme do setor de trânsito da Prefeitura ao anunciar a liberação da Alameda Glória, na região central, acesso à Via Anchieta. Atila Jacomussi (PSB), de Mauá, estuda implementar o Corujão da Saúde, programa de Doria que abre leitos e exames em hospitais particulares para pacientes do SUS. Lauro Michels (PV), de Diadema, não pestaneja quando vê oportunidade de se gravar ou fazer um vídeo ao vivo nas redes sociais. Paulo Serra (PSDB), de Santo André, acompanhou in loco o serviço de varrição e limpeza de pichações na Avenida Perimetral, devidamente filmada e colocada em redes sociais. Se dá certo com Doria, por que não daria com prefeitos do Grande ABC?

Pés em várias canoas

Vereador de primeiro mandato, Aurélio Bacelar de Paula (PTB) conseguiu emplacar aliados nos mais diversos espaços políticos de São Bernardo. Tem cargos dentro da administração de São Bernardo, de Orlando Morando (PSDB) – chegou a indicar o filho, Leonardo, exonerado assim que a portaria veio a público. O petebista também conseguiu encaixar a mulher, Selma Aparecida de Paula, no gabinete do deputado federal Alex Manente (PPS) no Congresso. Vale ressaltar que Morando e Alex tiveram dura batalha no segundo turno da eleição do ano passado.

Coloca o crachá

Depois do presidente da Câmara de Santo André, Almir Cicote (PSB), o vereador andreense Luiz Alberto (PT) se confundiu ao falar de Lucas Zacarias (PTB). No fim da sessão da semana passada, o petista, vice-presidente da Casa, foi fechar os trabalhos e agradeceu a Luiz Zacarias (PTB), vice-prefeito e pai de Lucas.

Lista tríplice

Há risco de o diretor da Faculdade de Direito de São Bernardo não ser conhecido amanhã, embora a instituição já tenha marcado a solenidade de posse do novo comandante. Tudo porque a atual direção, sob gerência de Marcelo José Ladeira Mauad, encaminhou somente ontem, às 18h30, a lista tríplice para o prefeito Orlando Morando (PSDB). É ele quem define o próximo diretor da faculdade, entre Rodrigo Gago Freitas Vale Barbosa, Marino Luiz Postiglione e Rui Décio Martins. “Vou analisar no tempo necessário”, diz o tucano, sem dar prazos.

Voto

O deputado federal Alex Manente (PPS) votou a favor da urgência na análise de projeto de lei que proíbe o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) de punir legendas que tiveram contas rejeitadas ou não prestaram os dados necessários. Vicentinho (PT), também parlamentar federal, não compareceu à sessão.

Visita

Presidente do PTB paulista, o deputado estadual Campos Machado esteve ontem na Prefeitura de São Bernardo para visitar o prefeito Orlando Morando (PSDB). Garantiu que o PTB estará na base do tucano. Como será que fica Admir Ferro (PTB), vice de Alex Manente (PPS) no pleito, nesta situação?

Reunião

Secretários de Segurança de prefeituras da região se reuniram ontem, em Ribeirão Pires, com o subcomandante-geral da Polícia Militar do Estado, coronel Mesquita. O pleito é o de décadas: aumento do efetivo da PM nas sete cidades e maior integração entre forças policiais do Estado e GCMs (Guardas Civis Municipais). Estavam presentes os secretários Edson Sardano (Santo André), Carlos Alberto dos Santos (São Bernardo), Elaine Biasoli (São Caetano), Marcel Soffner (Diadema), Paulo Barthasar (Mauá), José Luiz Navarro (Ribeirão Pires) e o prefeito Adler Kiko Teixeira (PSB, Ribeirão). 



Veja Também

Tags


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário do Grande ABC