Fechar
Publicidade

Turismo

Publicado em quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017 às 07:00 Histórico

Livre, leve e solto

Divulgação  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

 Luz del Fuego, dançarina, atriz, escritora, feminista e nome artístico da atriz Dora Vivacqua, fez história no Brasil. Quem é adepto do naturismo sabe muito bem o quanto ela contribuiu. Del Fuego (1917 – 1967) é considerada a primeira nudista brasileira, quem implementou a prática no País, entre 1940 e 1950, e fundou reduto naturista da América Latina – a Ilha do Fogo, no Rio de Janeiro. Lá criou o Clube Naturalista Brasileiro. Ela escreveu dois livros sobre o tema: Trágico Black-Out> e A Verdade Nua. Tanto que no dia 21 é comemorado o Dia Nacional do Naturismo por causa dela.

Para quem não sabe, naturismo vai muito além do que andar pelado, seja onde for. Tem a ver com ligação forte com a natureza. Os praticantes dizem ainda que é forma de libertação. Uma das maneiras dos naturistas agirem é fazer o nudismo em grupo. Segundo eles, o ato encoraja o autorrespeito e o respeito pelos outros. Respeito, aliás, é a palavra de ordem também nas praias naturistas espalhadas pelo Brasil e mundo. Tanto que há um manual com as normas éticas do naturismo brasileiro, aprovado em 1966. E ‘ai’ de quem quebra as regras.

Entre as faltas consideradas graves estão usar drogas e ‘ter comportamento sexualmente ostensivo e/ou praticar atos de caráter sexual ou obscenos nas áreas públicas’. Na maioria das praias, homens não podem entrar sozinhos e, claro, é proibido fotografar, gravar ou filmar outros naturistas. Outra regra que não pode ser quebrada de jeito nenhum é ‘apresentar-se vestido em locais e horários exclusivos de nudismo.’ Depois de ler tudo isso ainda tem vontade de conhecer uma praia dessa? Então, anote as oito que existem no Brasil – só em Santa Catarina, no Sul, são três – prepare protetor solar número 100 (para as partes que nunca viram o sol) e aproveite.

PRAIA DE TAMBABA.
Localizada na Costa do Conde, João Pessoa é considerada a praia de nudismo mais bonita do Brasil e a primeira a ser oficializada como tal no Nordeste. Possui restaurantes e pousadas e só pode ser visitada, pelo menos o lado maior, se tirar toda a roupa. É tímido? Vá nas baixas temporadas, que vão de março a junho, ou de agosto
a novembro.

MASSARANDUPIÓ.
A chamada Praia das Dunas, na Bahia, possui dois quilômetros de extensão e é a única de nudismo por lá. Fica mais afastada da estrada principal e possui estrutura bem básica. A parte dos nudistas está localizada a 20 minutos da entrada principal. Além do mar, tem um rio de água doce próximo. Luais e festas são organizados na alta temporada.

BARRA SECA.
Quem vai ao Espírito Santo e é nudista já deve ter ido conhecer a tal praia, que fica a 54 quilômetros de Linhares. O acesso é feito pela estrada do Pontal do Ipiranga. A diferença (vantagem) de lá é que se trata de uma ilha, portanto, oferece total privacidade aos frequentadores. O acesso se dá apenas por barcos ou canoas. A estrutura é de camping.

PRAIA DO PINHO.
Fica em Balneário Camboriú, a 80 quilômetros de Florianópolis. Possui 500 metros de extensão, areias claras e mar com ondas fortes. É envolta por costões e montanhas com vegetação intocada.

OLHO DE BOI.
Búzios também tem sua representante no nudismo. No bairro da Brava existem alguns hotéis e casas de temporada próximos a Olho de Boi. Ficando hospedado lá é fácil chegar com poucos minutos de caminhada.

ABRICÓ.
Única de nudismo no Rio de Janeiro – e que ganhou recentemente o título, inclusive. A prática é obrigatória de sexta, sábado e domingo, quando se praticam vários esportes, incluindo o stand up pelado.

PRAIA DE GALHETA.
Uma das poucas praias no Brasil em que o nudismo é opcional. Além disso, os homens sozinhos têm a entrada liberada, sem triagem. Fica localizada a Leste da ilha de Florianópolis, a 17 quilômetros do Centro da cidade. Para chegar é preciso fazer trilha de 15 minutos com acesso pela vizinha praia Mole.

PEDRAS ALTAS.
Já faz mais de 20 anos que o nudismo é praticado nesta praia, localizada em Palhoça e a 35 quilômetros de Florianópolis. Lá tem pousada e restaurante, mas a prática do camping é a mais comum.



Veja Também

Tags


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário do Grande ABC