Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 14 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Automóveis

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337

Vitrificação de pintura garante boa aparência e proteção a veículos

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Vagner Aquino

03/03/2017 | 07:20


Ao ler o título desta reportagem alguns devem ter se perguntado: “Mas o que é isso?” Para quem não sabe, a vitrificação é uma tecnologia japonesa que cria uma camada de vidro (parecida com aquela que algumas pessoas usam em smartphones), protegendo a pintura de veículos de pequenos danos, riscos, sujeira e até altas temperaturas.

A falta de conhecimento surge porque, até pouco tempo, a vitrificação de pintura era pouco difundida no Brasil, tanto que a exclusividade do serviço se restringia aos carros de luxo. Agora, a realidade é outra, e o serviço já custa menos que um salário mínimo.

Sim, tudo depende do tamanho, cor e condição da pintura do carro – quanto mais desgastada, maior o valor. Mas a empresa Acquazero (que tem unidades em shoppings centers do Grande ABC, como São Bernardo Plaza e Atrium, além da franquia Extra Anchieta) garante custo entre R$ 700 e R$ 1.800.

VANTAGENS
“Uma das vantagens do procedimento (que já chegou a custar R$ 5.000 no País) é que eu posso polir o carro sem desgastar o verniz e a pintura original”, salienta Evandro Oliveira, sócio-diretor da AcquaZero.

Para o andamento do processo, basta que o carro esteja limpo. A primeira etapa é o polimento (que vai limpar a pintura e trazer brilho ao veículo), “depois, aplicamos o vidro com uma esponja umedecida (em pequenas áreas) e, por fim, a terceira e última etapa, que é a lustração do carro”, explica Oliveira. O processo não dura menos de quatro horas.

DIFERENÇAS
E, se você acha que não há diferença entre vitrificação, polimento e cristalização, está enganado! O polimento é um serviço que, basicamente, consiste num um processo de limpeza que tira riscos e dá brilho à lataria do carro. Já a cristalização (feita com cera de carnaúba) protege o verniz da lataria por cerca de seis meses.

Ou seja, a vitrificação é o procedimento mais vantajoso quando a intenção é evitar riscos e intensificar o brilho do veículo, pois “oferece maior proteção, que pode chegar a três anos”, finaliza Oliveira.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados