Fechar
Publicidade

Memória

Publicado em quinta-feira, 9 de março de 2017 às 07:00 Histórico

Há 60 anos, uma princesa na Praça Lauro Gomes

 Aqueles jatos multicoloridos completaram a beleza da Praça Lauro Gomes, o antigo Largo do Governo, no coração de São Bernardo: a inauguração da Fonte Luminosa ‘Princesa Isabel, a Redentora’, ocorreu há exatos 60 anos, em 9 de março de 1957, conforme atesta o então jovial semanário ‘A Vanguarda’, antecessor do nosso ‘News Seller’, cujo recorte da reportagem nos foi enviado pelo advogado Nevino Antonio Rocco.

A fonte Princesa Isabel, no tamanho, era considerada a maior do Estado, “e talvez mesmo do Brasil”. Num grande octógono – formas mantidas – possuía 36 jogos de água que produziam 144 variedades de cores.

Os serviços de revestimento e decoração foram executados pela indústria Lonpi S. A., presidida por Luiz Otávio Novais Pinto. O custo total destes serviços foi orçado em 39 mil cruzeiros, mas a empresa cobrou apenas o preço de custo, 13 mil.

Uma informação a ser pesquisada: a atual Vidrotil, da Rua Alferes Bonilha, uma das mais antigas indústrias de São Bernardo, seria a sucessora da Lonpi? Afinal, as pastilhas que revestem a fonte luminosa têm o estilo das produzidas pela Vidrotil, que hoje é referência entre arquitetos e decoradores, até mesmo internacionais.

 

AUTORIDADES

Participaram da inauguração da fonte Princesa Isabel naquela noite de 9 de março de 1957, um sábado, os prefeitos Aldino Pinotti, Pedro Dell''Antonia (Santo André), Artur Gonçalves da Silva Júnior (Ribeirão Pires), os deputados Lauro Gomes e Fioravante Zampol, o vice-prefeito Ernesto Augusto Cleto (São Bernardo), o ex-prefeito José Fornari e os vereadores Natal Vertamatti, André Mussolino, Sérgio Balottim, Laerte Pinchiari, Bruno Corazza, Aracy de Angelo e Geraldo Faria Rodrigues.

A bênção da fonte foi feita pelo padre Fiorente Elena.

Somente o senhor Natal Vertamatti, então presidente da Câmara de São Bernardo, está entre nós.

 

Voluntariado

Eles estão transformando a quase centenária Capela dos Casa, em São Bernardo, para a reabertura no sábado, num verdadeiro brinco. Outro dia publicamos a foto de um grupo de voluntários. Agora recorremos ao nosso orientador no bairro, Avenir Govato, para registrarmos os nomes de todos.

Avenir foi a campo. Levantou os nomes. Mas faz uma ressalva: "são outros tantos que nem sabemos os nomes; que Deus abençoe a todos".

Seguem alguns nomes: Aquiles Casa, Avenir Govato, Clovis (pintor), Expedito, José Antonio I, José Antonio II, José Souza Pereira, Luiz Romão, Júlio, Natal, Ronaldo Arruda, Rodrigo e Tadeu Casa.

 

 

Diário há 30 anos

Domingo, 8 de março de 1987 - ano 29, edição 6385

INVENTÁRIO HISTÓRICO - Levantamento do Diário focaliza Ribeirão Pires e aponta 29 bens históricos locais, entre os quais as instalações da C. Cotelessa, no Centro, e as residências da Estrada da Colônia. III reportagem da série.

 

Em 9 de março...

1917 - O caso da falência da Companhia São Bernardo Fabril, do Distrito de Santo André: os advogados Augusto Ribeiro de Mendonça (contratado pela Light para o caso) e Carlos de Campos rebatem, pela Seção Livre do jornal ''O Estado de S. Paulo'', as acusações de conluio criminoso feitas na véspera por Spencer Vampré, advogado do Banco Comercial Franco-Brasileiro. A Light vinha atuando como síndica da massa falida da companhia.

A guerra. Do noticiário do Estadão: a cavalaria inglesa a 12 milhas de Bagdá.

1952 - Realizada a solenidade de benção da nova igreja de Nossa Senhora da Imaculada Conceição, em Mauá.

 

Santos do Dia

São Domingos Sávio

Francisca Romana

Catarina de Bolonha

Gregório de Nissa

 

Municípios Paulistas

Hoje comemoram aniversário Altinópolis, São José do Barreiro e Cachoeira Paulista.

 

Municípios Brasileiros

Celebram seus aniversários em 9 de março:

No Rio de Janeiro, Cantagalo.

Em Minas Gerais, Capetinga, Espinosa e Virginópolis.

No Ceará, Jaguaribara.

Em Santa Catarina, Joinville.

Em Pernambuco, São José do Egito.



Veja Também

Tags


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário do Grande ABC