Fechar
Publicidade

Memória

Publicado em sábado, 18 de março de 2017 às 07:00 Histórico

Ao craque. Com carinho e muitas lembranças

Texto: Mauricio Silva

Falecido há cinco anos, Alberto Soares de Araújo, o craque Tulica, ídolo e maior goleador na história do Esporte Clube Santo André, referência futebolística do Grande ABC na década de 1970, está sendo homenageado com a copa que leva o seu nome.
A ideia da Copa Tulica partiu de três esportistas: Sérgio Ventura, Wladmir Batista e Sérgio Ramos. Eles resolveram homenagear o jogador por tudo que Tulica representou no futebol andreense.

Wladmir sintetiza em três palavras a admiração do trio pelo amigo: “Parceria, humildade e companheirismo”.

TRAJETÓRIA

Tulica foi descoberto na várzea de Utinga. Em 1970, a convocação para participar da Seleção de Santo André nos Jogos Abertos do Interior, disputados em Bauru. Santo André, campeão, na final disputada com Santos, formada por jogadores do Peixe.

Vem a contratação para as equipes de base do Santo André. Torna-se, logo, profissional. Muitos gols, e a transferência para o Atlético de Carazinho, no Rio Grande do Sul.

Em 1974, o retorno ao Ramalhão. E a conquista do vice-campeonato da Série A-2 do Paulista. Ano seguinte, finalmente, o título de campeão, depois de um 6 a 2 sobre o Vasco de Americana, infelizmente sem direito ao acesso.

Tulica deixa o Santo André uma vez mais, negociado com o Atlético Goianiense. Passa pelo Vila Nova, Fluminense e Santos, e retorna ao Grande ABC, via Grêmio Mauaense. Ali encerra carreira, em 1987.

PINGUE-PONGUE

Tulica nasceu em Santo André, em 22 de outubro de 1952.

É o principal artilheiro do Ramalhão, com 64 gols.

Teve a honra de marcar o primeiro gol no Estádio do Jaçatuba: 1 a 0 em 1976 frente ao Juventus da Mooca.

Foi professor na escolinha de futebol da Seci (Sociedade Esportiva Cidade Imaculada), do Parque Capuava.

Declarou ao Diário, numa das suas últimas entrevistas: “Os torcedores nunca esquecem de mim. Os dirigentes, ao contrário, me ignoram. Viraram as costas. Me refiro aos mais antigos. Nem conheço aqueles que aí estão. Só pelas fotos nos jornais”.

A despedida: Tulica faleceu em 21 de fevereiro de 2012, aos 59 anos, no Hospital Mário Covas. Deixou a mulher, três filhas e um neto.


COPA TULICA

Cinco anos depois, a homenagem dentro de campo. Seis clubes participam da Copa Tulica: Galo Preto, Nacional, Humaitá, Amigos da Melhor Idade, Guaraciaba e Santo André.

Os jogos são disputados no campo do Nacional, em Cidade dos Meninos. Só podem atuar jogadores acima dos 60 anos, com duas exceções por equipe: dois atletas com 58 anos.

As semifinais serão disputadas neste sábado: Humaitá x Amigos da Melhor Idade, às 8h30; e Galo Preto x Nacional, às 11h30. Os vencedores farão a final no sábado que vem, dia 25.

Nas Ondas do Rádio

Rádio ABC AM (1570) – Causas Nobres. Em pauta a Associação São Francisco Xavier, de Diadema. Produção: Luiz Carlos Gimenes; apresentação: Antonio Dalto. Hoje, às 10h.

Rádio Trianon AM (740) – Universal de Santos (810) – Quinta Avenida. Destaque para a big band do baterista Gene Krupa. Mais: cantora Kay Starr e pianista e cantor Fats Waller.
Produção e apresentação: Ronaldo Benvenga. Hoje, às 19h. Pela internet: radiotrianon.com.br;

quintaavenida.mus.br e Scala 99 – grandeabcwebradio.com

Rádio Bandeirantes AM (840) e FM (90,9) – Memória. Série comemorativa aos 80 anos da Rádio Bandeirantes, a serem completados em 6 de maio próximo. Jornalista Milton Parron, produtor e apresentador do programa, adianta o que será esta audição:

“Falaremos de Rubens Moraes Sarmento, o mais intransigente defensor da música brasileira da chamada velha guarda. Ele próprio contando toda sua trajetória de vida no rádio, com ênfase para as dificuldades de início de carreira e as injustiças sofridas no final dela”.

Sarmento traz um depoimento emocionado dado à falecida Vida Alves.

Trazemos dos arquivos do Cedom (Centro de Documentação e Memória da Band) trechos dos programas de Sarmento: Empório Musical, Álbum de Lembranças e aquele que levou seu nome e durante 14 anos foi líder de audiência no rádio noturno de São Paulo.

Hoje, às 23h, com reprise amanhã, às 5h.

Rádio ABC AM (1570) – Portugal Trilha Nova. Mais de meio século no ar (1966-2017). As mais belas canções portuguesas, por intérpretes de Portugal e do Brasil.

E mais: notícias, futebol, histórias, memória.
Produção e apresentação: Varela Leal, com Mimi Varela e Idalecio de Souza. Amanhã, do meio-dia às 14h.


Diário há 30 anos
Quarta-feira, 18 de março de 1987 – ano 29, edição 6393

Manchete – Queda de João Sayad fortalece Funaro. Ministro do Planejamento deixa o governo após entrar em choque com o ministro da Fazenda, Dilson Funaro.

Saúde – Confirmada epidemia de dengue em São Paulo

Teatro – O espetáculo Divinas Palavras, do espanhol Ramon Del Valle Incián, entra em cartas no Municipal de Santo André. No elenco, Christiano Rando e Laura Cardoso.


Em 18 de março de...

1917– O caso da falência da São Bernardo Fabril. O advogado Spencer Vampré lança um repto ao superintendente da Light and Power, sr. Mackenzie: que a Light explicasse, claramente, como se tornou credora de 436:820$000 por um crédito inicial de 3:384$000?

A Light investira recursos quando solicitada pela Ipiranguinha.

Mesmo caso da firma Augusto Rodrigues & Cia, que forneceu capitais à indústria quando a mesma passou a enfrentar dificuldades.

Empréstimos. Penhores. Falência. Leilão. De um lado, advogados como Carlos de Campos afirmando que tudo ocorrera na legitimamente. De outro, Vampré, enumerando denúncias, entre as quais a de falência fraudulenta.

Todos os dias, vários e longos artigos nos jornais, em especial no <CF160>Estadão</CF>. Alguns irônicos, como o publicado no domingo, 18 de março de 1917, pelo advogado Francisco Mendes, na disputa com o colega Vampré:

“Não quis o dr. Vampré, ontem, que era sábado, fugir à doce injunção sugestionadora da querida feijoada, e deu-nos uma de abarrotar, pela seção livre desta folha.”

A Revolução Russa. Do noticiário do Estadão: a tomada de Bapaume. Demissão do ministério francês. Violentos discursos na direita prussiana.

1922 – Professor José Lazarini Júnior nasce em São Paulo. Organizou e dirigiu, em Santo André, os ginásios do Estado: Dr. Celso Gama, Professor João Francisco Tocantins, Professor Joaquim de Carvalho Terra. Dirigiu o Colégio Santo André foi secretário de Educação e Cultura do Município.

1947 – Associação de Tecelãs de São Bernardo se transforma em sindicato.

1977 – Inaugurado o novo prédio do Fórum em Diadema.


Hoje

Dia Nacional da Imigração Judaica

Dia do DeMolay. O 18 de março é a data do falecimento de Jacques de Molay, que foi considerado o herói mártir da Ordem DeMolay, uma sociedade discreta para homens que possui princípios filosóficos, fraternais e filantrópicos.

Santos do Dia

Cirilo de Jerusalém (na estampa), bispo e doutor da Igreja. Viveu em Jerusalém (315-375). Escreveu as Catequeses.


Município Paulista

Jaborandi. Elevado a município em 1949, quando se separa de Colina, na região de Barretos.


Municípios Brasileiros

Celebram seus aniversários em 18 de março:

No Mato Grosso do Sul, Antônio João.

Em Santa Catarina, Campo Alegre e Gaspar.

Em Minas Gerais, Santa Luzia.

No Paraná, Tibagi.



Veja Também

Tags


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário do Grande ABC