Fechar
Publicidade

Sábado, 18 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Uruguai admite preocupação com Neymar e Willian antes de jogo das Eliminatórias



20/03/2017 | 21:15


Ao fim do primeiro dia de preparação do Uruguai para o jogo contra a seleção brasileira, o técnico Óscar Tabárez admitiu nesta segunda-feira que Neymar e Willian são motivos de preocupação para a defesa uruguaia. O treinador disse que ainda estuda um jeito de "parar" o atacante do Barcelona, parceiro de Luis Suárez, referência do ataque de Tabárez.

"Se eu tivesse uma fórmula para parar Neymar, eu não a revelaria. Mas eu não tenho e vejo que quase ninguém conseguiu encontrá-la. Mas sei que temos que estudá-lo", disse o treinador, nesta segunda, em Montevidéu, local do jogo desta quinta-feira, pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018.

Destaque do Chelsea no futebol inglês, o meia Willian também é considerado por Tabárez como uma ameaça para a defesa do Uruguai. "Willian é outro jogador que acrescenta muito ao Brasil. De uma só vez, teremos que cuidar de três meio-campistas que recuperam rapidamente a bola e buscam o gol", declarou.

O treinador uruguaio, contudo, avisou que não prevê marcação especial ou individual aos dois jogadores. "Vamos enfrentar um time inteiro e não individualidades", afirmou Tabárez. Assim como o técnico Tite, o treinador uruguaio comandou treino nesta segunda ainda sem o elenco completo. Jogadores como Suárez, Fernando Muslera, Martín Silva e Edinson Cavani só vão se apresentar nesta terça.

Da mesma forma que o Brasil, o Uruguai já sonha com a classificação antecipada para o Mundial da Rússia. Se a seleção brasileira calcula que obtém a vaga com um empate em Montevidéu, alcançando os 28 pontos, o time uruguaio quer duas vitórias seguidas - contra Brasil e Peru - nestas duas rodadas seguidas das Eliminatórias para se classificar.

Tabárez, no entanto, tenta manter a cautela na equipe uruguaia. "Não estamos fazendo projeções. No momento nosso rival é o Brasil e precisamos de concentração. É claro que o campeonato se resolve com pontos e sou muito cuidadoso ao dizer que o Uruguai já está classificado. Nossas partidas são difíceis e o torneio tem um equilíbrio muito grande."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados